Saúde confirma quatro mortes em uma semana e eleva para 53 os óbitos por gripe em MS

07/08/2019 15:58 Saúde

Dados divulgados nesta quarta-feira (7/8) pela Secretaria de Estado de Saúde apontam para mais quatro mortes de pessoas em decorrência da gripe em Mato Grosso do Sul. No novo boletim epidemiológico, os óbitos apontam para Campo Grande, Corumbá, Sidrolândia e Fátima do Sul. 

Agora, são 53 o número de vítimas fatais da doença, superando a soma dos registros nos dois anos anteriores, quando ocorreram seis e 33 óbitos, respectivamente. 

A Capital é a cidade com mais mortos relacionados a doença. Foram 19 de janeiro até aqui, seguido por Três Lagoas com seis e Corumbá, apontando quatro registros. 

Logo em seguida vem Aquidauana e Ponta Porã, com três, Dourados, Nioaque, Sidrolândia e Rio Verde de Mato Grosso, dois.

Inocência, Porto Murtinho, Mundo Novo, Água Clara, Naviraí, Bela Vista, São Gabriel do Oeste, Ribas do Rio Pardo, Deodápolis, Fátima do Sul tiveram uma morte cada. 

Já em relação aos casos confirmados da doença, Mato Grosso do Sul registra até o momento 271.

São 193 de Influenza H1N1, 16 de H3N2, 61 não subtipados e um de Influenza B. 

Dourados

No maior município do interior sul-mato-grossense, a Saúde registrou 13 casos no total. São oito de H1N1, um de H3N2 e quatro não subtipados. 

As mortes em Dourados são de um homem de 42 anos, ocorrida no Parque das Nações II no dia 7 de julho e de uma mulher de 54, na Vila Barros, 12 dias depois. Ambas por H1N1.

 

Fonte: Adriano Moretto / Dourados News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.