Ministro vem à Capital na segunda para discutir prevenção a dengue e coronavírus

Encontro Estadual de Vigilância em Saúde vai começar na próxima segunda-feira (17), em Campo Grande
13/02/2020 11:49 Saúde
Ministro Luiz Henrique Mandetta, durante lançamento da campanha de vacinação na Capital. (Foto: Henrique Kawaminami)
Ministro Luiz Henrique Mandetta, durante lançamento da campanha de vacinação na Capital. (Foto: Henrique Kawaminami)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, vai participar na próxima segunda-feira (17) do Encontro Estadual de Vigilância em Saúde, em Campo Grande. O evento organizado pelo governo estadual tem como objetivo repassar informações sobre prevenção de doenças como dengue, coronavírus, zika, chikungunya, febre amarela, tuberculose, hanseníase, sarampo, influenza, entre outras.

A abertura (evento) será às 8h (segunda feira), no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, que fica no Parque dos Poderes. A expectativa é que o encontro tenha a participação de 2,2 mil pessoas, entre profissionais de saúde, prefeitos, vereadores e gestores públicos.

Também vão participar dos debates e atividades os agentes de endemias e comunitários de saúde, assim como profissionais que atuam nas salas de vacina, técnicos de zoonoses e outros servidores (municipais e estaduais) que trabalham na área de prevenção e controle de doenças infecto-contagiosas.

Cooperação - Além dos debates, será assinado um termo de cooperação entre a SES (Secretaria Estadual de Saúde) e Ministério da Saúde, para o projeto “Wolbachia”, que busca substituir os mosquitos Aedes Aegypti, por outros que tenham uma bactéria (Wolbachia), que possui capacidade reduzida de transmitir doenças como dengue, zika e chikungunya.

O projeto terá uma biofábrica instalada na sede da Lacen (Laboratório Central), em Mato Grosso do Sul. Aproveitando a oportunidade, haverá assinatura do termo de adesão de Campo Grande ao projeto estadual (e-Visita Endemias), que vai distribuir aparelhos celulares para monitorar criadouros de mosquitos.

O ministro também vai entregar 52 monitores multiparamétricos e 28 desfibriladores para Secretaria de Saúde, que vai repassar aos municípios do Estado. Ainda haverá a entrega de equipamentos, como caixas cirúrgicas, para 52 cidades.

Fonte: Leonardo Rocha / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.