‘Fone de ouvido’ que trata depressão está à venda: aprovado clinicamente

Um espécie de ‘fone de ouvido’ que estimula o cérebro com eletricidade para tratar a depressão, aprovado clinicamente no Reino Unido, já está à venda
06/11/2019 16:34 Saúde
Foto: DIVULGAÇÃO
Foto: DIVULGAÇÃO

Um espécie de ‘fone de ouvido’ que estimula o cérebro com eletricidade para tratar a depressão, aprovado clinicamente no Reino Unido, já está à venda na Europa, informou o DailyMail. 

O dispositivo, para fazer o tratamento em casa, usa pequenos estímulos elétricos que estimulam a atividade na parte do cérebro responsável pela emoção, personalidade e tomada de decisão.

Ele age em uma área logo atrás da testa, conhecida como córtex pré-frontal. As pessoas deprimidas costumam ter menor atividade no lado esquerdo desta área e maior atividade no lado direito.

Reequilibra o cérebro

Pesquisadores da Flow Neuroscience afirmam que o fone de ouvido reequilibra essa atividade cerebral. Os usuários devem usar o aparelho por meia hora, todos os dias durante seis semanas.

As técnicas de estimulação cerebral mostraram-se promissoras no tratamento da depressão em ambientes clínicos, em vários estudos.

Ela é diferente da terapia de eletrochoque usada em hospitais psiquiátricos nos tempos vitorianos, mas segue os mesmos princípios gerais.

Uma a cada dez pessoas sofre de depressão em algum momento da vida.

Eficácia

O aparelho é o primeiro do tipo aprovado no Reino Unido.

Dois estudos recentes publicados no New England Journal of Medicine e no British Journal of Psychiatry mostraram que o tDCS teve efeitos semelhantes aos antidepressivos.

Pesquisadores da Flow Neuroscience incorporaram a técnica médica em seus fones de ouvido e afirmam que ela corrige desequilíbrios no cérebro.

O fone envia correntes baixas para áreas específicas do cérebro de pacientes deprimidos.

Esses choques imperceptíveis encorajam as conexões neurais do cérebro a se tornarem menos rígidas.

Isso ajuda a formar novas e diferentes conexões neurais vistas em cérebros saudáveis.

Bem estar

Ele também vem com um aplicativo de terapia virtual que incentiva os usuários a comer e dormir melhor, se exercitar e meditar.

Daniel Mansson, psicólogo clínico e executivo-chefe da Flow, disse que o dispositivo é destinado a pessoas com depressão clínica que foram diagnosticadas.

Ele diz que o British Standards Institute, o órgão regulador que o aprovou para uso, levou isso em consideração.

Vendas

O dispositivo está sendo lançado em várias clínicas no Reino Unido hoje e pode ser comprado on-line.

O gadget portátil custa 399 libras esterlinas, pouco mais de 2 mil reais, ou seja, menos do que um telefone celular.

Ele é o primeiro do tipo aprovado clinicamente no Reino Unido, segundo a fabricante, Flow Neurosciense.

A empresa pretende vender o aparelho em outros o países em breve.

Fonte: So Noticia Boa

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.