A Equoterapia é para todos?

09/10/2019 08:01 Saúde
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Equoterapia é uma potente aliada para diversos ganhos com a criança em fase escolar já que nosso amigo cavalo é utilizado como instrumento pedagógico. Quais são estes ganhos? Melhora na concentração, melhora na coordenação, melhora na auto estima, e uma das grandes vantagens e o maior diferencial dela comparado à outras terapias, é que por ser uma terapia ao ar livre e extremamente dinâmica, é prazeroso realizá-la. Lembrando que todo o conhecimento e todo o desenvolvimento da criança depende de exposição ao meio e dos estímulos advindos deste. 

A utilização do cavalo de forma terapêutica necessita o desenvolvimento de uma relação de equilíbrio emocional para que o cavalo entenda, confie e coopere no trabalho diário. Proporcionando a quem pratica, uma evolução significativa nos aspectos psicológico, comportamental, social e motor. 

A Associação Nacional de Equoterapia, (ANDE –BRASIL), adotou o termo “Equoterapia”, registrando-o no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), em 06 de Julho de 1999. O termo “Equoterapia” denomina todas as práticas que utilizam o cavalo, as técnicas de equitação e as atividades equestres, visando ao desenvolvimento global e a reabilitação ou educação do praticante. É um método terapêutico e pedagógico, que utiliza o cavalo, com uma abordagem interdisciplinar, nas áreas da saúde, da educação e da equitação. O benefício é nítido e não exclusivo à crianças com deficiência e/ou necessidades especiais.   

A Equoterapia é utilizada também no tratamento da insônia, e auxilia na melhora da tomada de decisões com mais rapidez e autoestima, o espirito de decisão, a iniciativa e a resolução, a perseverança, a calma e o domínio de si mesmo. O cavalo possui três andaduras naturais: o passo, o trote e o galope. Como é uma terapia individualizada, o tipo de andadura utilizada na pratica será escolhida de acordo com um programa especifico para cada praticante de forma gradual.

A finalidade da prática da Equoterapia tem objetivos a serem alcançados e estes dividem-se basicamente em dois: o primeiro tem intenções médicas e terapêuticas visando a reabilitação; e o segundo, com fins educacionais e sociais com aplicações de técnicas psicopedagógicas, visando a integração ou reintegração sociofamiliar, colaborando de forma profunda na concentração e na atenção durante todo o tempo, o que para o praticante é um desafio.

O cavalo é pura psicomotricidade, com seus movimentos e sua simbologia de força e poder proporciona ao praticante o desenvolvimento motor, maior independência, motivação e autoconfiança, por isso mesmo é uma atividade para todos, uma terapia acessível e ímpar para o desenvolvimento de todo e qualquer ser humano. Ninguém se envolve com cavalos para se tornar uma pessoa melhor, ou para encontrar um significado melhor para a sua vida, ou ainda para fazer do mundo um lugar melhor, mas na maioria das vezes é isso o que acontece. Os cavalos tem um coração tão puro, que ajudam a curar o nosso, por isso a Equoterapia traz também, tanto benefício no auxílio ao tratamento contra a depressão de crianças, jovens, adultos e idosos.  

O foco da Equoterapia não está nas necessidades, e sim nas potencialidades de cada praticante. A composição mínima da equipe básica de um centro de Equoterapia deve ser de três profissionais: um fisioterapeuta, um psicólogo e um profissional da equitação habilitado em Equoterapia, contando com o apoio do cavalo como amigo e principal instrumento na terapia, de um auxiliar guia, e do tratador do animal. Os atendimentos começam à partir de uma avaliação médica, psicológica e fisioterápica do praticante.

A Equoterapia começa com um sonho e é realizada com segurança, responsabilidade e amor, unindo exercício, disciplina, alegria e afeto.

“Nas duras batalhas da vida, onde nunca faltarão quedas, teremos sempre coragem para levantar depressa e montar outra vez, firmes, a olhar em frente. Isto nós aprendemos no doce abrigo do lombo do leal amigo, o cavalo.” Cad.Lucas/Colaboração TCel Marcon. 

*Psicopedagoga/Terapeuta; Equoterapeuta/Equitadora - [email protected]
    
  

Fonte: Denise Caramori de Souza / Dourados News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.