Para combater a corrupção, nova associação reúne procuradores

10/02/2019 06:40 Região
O presidente da OAB, Mansour Elias Karmouche, esteve na Assembleia para cumprimentar os colegas pela eleição (Foto: divulgação/assessoria de imprensa OAB)
O presidente da OAB, Mansour Elias Karmouche, esteve na Assembleia para cumprimentar os colegas pela eleição (Foto: divulgação/assessoria de imprensa OAB)

Foi realizada nesta sexta-feira (8) no plenário das Comissões da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul), Assembleia Geral Ordinária de constituição e fundação da APROM-MS (Associação dos Procuradores Municipais do Estado de Mato Grosso do Sul).

“Além do congraçamento da classe, a associação criada tem por objetivo a defesa das prerrogativas dos procuradores municipais, sem olvidar da defesa intransigente do interesse público e do combate à corrupção, dado que, no âmbito municipal, o controle da legalidade dos atos administrativos é perfectibilizado, sobretudo e principalmente, pelos advogados e procuradores municipais”, explicou o presidente eleito Valdecir Balbino.

O presidente da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche, esteve na Assembleia para cumprimentar os colegas pela eleição. Participaram ainda o Conselheiro Estadual Fábio Jun Capucho, outros advogados e procuradores municipais do Estado.

Além de Valdecir Balbino, que atualmente é delegado regional da Associação Nacional dos Procuradores Municipais, foram eleitos o vice-presidente Orlando Fruguli Moreira, de Camapuã; a secretária Roberta Rocha, de Jardim; o tesoureiro Antônio Marcos Marques, de Dourados; o conselheiro fiscal titular Márcio Martins Medeiros, de Jaraguari; e Ruth Marcela Souza Ferreira Maróstica, de Paranaíba; o conselheiro fiscal suplente Marcelo de Barros Ribeiro Dantas, de Corumbá e Djalma César Duarte, de Batayporã.

Fonte: Viviane Oliveira / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.