Bispo diocesano mantém suspensos casamentos, batismos e missas presenciais

20/05/2020 13:24 Região
Diocese de Dourados suspendeu missas presenciais em 17 de março por causa da pandemia do novo coronavírus - Crédito: Hedio Fazan/Dourados News
Diocese de Dourados suspendeu missas presenciais em 17 de março por causa da pandemia do novo coronavírus - Crédito: Hedio Fazan/Dourados News

O bispo da Diocese de Dourados, Dom Henrique Aparecido de Lima, determinou que sigam suspensos casamentos, batismos e missas presenciais por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Esses termos estão em vigor desde o dia 17 de março.

Agora, ele manteve essas restrições mesmo com o Decreto n° 2.575 de 04 de maio de 2020, publicado no Diário Oficial do Município do dia 5 passado, por meio do qual a prefeita Délia Razuk (PTB) liberou o funcionamento de igrejas com regras de prevenção ao contágio da doença.

Em decreto assinado na terça-feira (19), o bispo diocesano detalha ter ouvido parecer técnico do médico Ricardo do Carmo, coordenador do Comitê de Gerenciamento da Emergência de Saúde Pública (Covid-19) de Dourados, que “expôs a gravidade da situação que estamos vivendo que é a transmissão comunitária do coronavírus e acenando um maior agravamento para as próximas três semanas”.

“Somado com o que estamos percebendo da realidade atual, determino que a Celebração da Eucaristia com a presença do povo continuará suspensa. Destaco ainda que quanto a realização das celebrações dos sacramentos do Batismo e Matrimônio, também estejam suspensas, até que se tenha novas orientações”, pontuou.

O bispo da Diocese anunciou que provavelmente no início da segunda quinzena de junho convocará uma reunião com os párocos do município de Dourados para refletirem sobre este assunto.

Por fim, sugeriu que “no dia da Solenidade de Corpus Christi, cada paróquia organize além da celebração da Santa Missa, transmitida via on-line, se possível realize a Bênção com o Santíssimo Sacramento nas ruas dos bairros de cada Igreja Paroquia”.

Dom Henrique Aparecido de Lima finalizou o documento desejando “a todos neste mês mariano a proteção de Nossa Mãe Santíssima a nos conduzir no caminho da Fé, Esperança e Caridade”.

Fonte: André Bento / Dourados News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.