Vereadores decidem hoje se cassam ou absolvem Cirilo Ramão

15/05/2019 06:29 Política
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Câmara de Dourados decide hoje (15/5) se cassa ou absolve o vereador afastado Cirilo Ramão (MDB). Ele foi preso no dia 5 de dezembro do ano passado dentro da Operação Cifra Negra, por suspeita de participação de esquema de corrupção na Casa de Leis. A sessão está agendada para as 17h.

Na terça-feira (14/5), a comissão processante que analisa o caso do emedebista definiu pelo arquivamento da denúncia de quebra de decoro parlamentar, feita pelo farmacêutico bioquímico Racib Panage Harb. 

Para que Cirilo seja cassado, são necessários 13 votos, ou seja, maioria absoluta dos parlamentares aptos. Nesse julgamento, o suplente Marcelo Mourão (PRB) está impedido de se manifestar no Plenário. 

Como ocorreu na semana passada durante a perda dos direitos políticos de Denize Portollan (PR) – também acusada de envolvimento em esquema de corrupção, porém, na Operação Cifra Negra -, o rito da sessão se inicia com leitura das partes do processo, passando para a fala dos vereadores que manifestarem interesse. 

Logo depois é concedido duas horas para a defesa para depois a realização da manifestação de cada vereador, em voto aberto. 

A comissão processante que analisa o caso de Cirilo é presidida por Alberto Alves dos Santos, o Bebeto (PR), com Junior Rodrigues (PR) na relatoria e Silas Zanata (PPS) de membro. 

O vereador do PPS foi voto vencido na definição do parecer. 

Outra sessão

Já a sessão especial que vai analisar pelo arquivamento ou cassação de mandato do também afastado, Pedro Pepa (DEM), será realizada amanhã (16/5), às 12h na Câmara. 

O parecer da processante que investiga o caso do democrata também decidiu por livrar o parlamentar da perda dos direitos políticos. 

Votaram favoráveis a absolvição de Pepa dentro da comissão os vereadores Carlito do Gás (Patriota), presidente da comissão e Jânio Miguel (PR), relator. Membro do grupo, Olavo Sul (Patriota) foi vencido. 

 

Fonte: Adriano Moretto / Dourados News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.