Irmão de deputado estadual, Rogério Câmara deve concorrer a prefeitura de Ivinhema

13/02/2020 20:22 Política

Ao que tudo indica, o MDB vai ter candidato a prefeito em Ivinhema nas eleições em outubro, e o nome mais forte para concorrer pelo partido é o de Rogério Câmara, irmão do deputado estadual Renato Câmara – que é pré-candidato em Dourados e ex-prefeito da mesma Ivinhema, município localizado a 298 km de Campo Grande.

Rogério já presidiu o MDB na cidade e foi secretário de Finanças do município em outra oportunidade, sem contar que faz parte de família com tradição na política – além de Renato, o pai deles, Nelito Câmara, também foi prefeito de Ivinhema entre 1989 e 1992, ocupando o cargo de deputado estadual de 1995 a 2002.

“É um projeto de desenvolvimento que nós do MDB temos para a cidade. Ivinhema é um dos municípios que mais se desenvolve economicamente em Mato Grosso do Sul e nas eleições desse ano o partido, sua executiva, tem que apresentar um nome, e um dos que aparece é o Rogério. O principal é o dele, pois já tem uma caminhada”, explica o deputado.

Já sobre sua pré-candidatura para a prefeitura de Dourados, Renato afirma que manifestou o desejo, mas está cumprindo uma “missão partidária” de organizar a legenda na região para a disputa eleitoral no segundo semestre.

“A política é a arte da construção. Ninguém é candidato de si mesmo”, frisa, ao comentar a possibilidade de ceder o posto para outra candidato em caso de aliança – o DEM do também deputado estadual Barbosinha é um dos possíveis aliados.

Por fim, ele completa que o candidato a prefeito precisa ter o entendimento de entregar aquilo que a população pede. “Temos que trabalhar por uma gestão que possa entregar o desenvolvimento que Dourados tanto pede”.

Fonte: Nyelder Rodrigues / Midiamax

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.