Em briga por celular, homem mata mãe e até cachorro da família

Testemunhas disseram que ouviam discussões com frequência
07/11/2018 14:10 Política
Vizinhos disseram que eram comuns brigas entre mãe e filho - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado
Vizinhos disseram que eram comuns brigas entre mãe e filho - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

Um crime acontecido na madrugada desta quarta-feira (7), na Rua Jaru, bairro Jardim São Conrado, em Campo Grande, chocou a população pela crueldade. Edson Rodrigues Antunes matou a mãe, uma idosa de 77 anos, com várias facadas, em razão de uma discussão por causa de um aparelho celular. 

Logo depois do assassinato, o autor que é diagnosticado com esquizofrênia e usuário de drogas, foi até a casa da irmã que mora no mesmo bairro e contou ao cunhado que matou a genitora.

A Polícia Militar  e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados  e quando chegaram ao local, a vítima já estava morta. 

O cabo da PM, Anderson Honório dos Santos, contou que o crime provavelmente aconteceu na madrugada e foram encontradas três facas com resíduos de sangue. Além disso, o autor matou o cachorro da família que tentou defender a dona, no momento da agressão.

A equipe do Correio do Estado conversou com os vizinhos, que preferiram não se identificar, mas, alegaram ser frequente a ocorrência de brigas entre mãe e filho. No entanto, quando questionados sobre pedidos de socorro, dois vizinhos disseram que só ouviram discussões na noite de ontem (6).

Confirmando a situação de risco da idosa, os Policiais Militares verificaram pelo sistema que outras equipes já atenderam chamados por brigas na residência. 

Fonte: Correio do Estado/ALINE OLIVEIRA E LEANDRO ABREU

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.