Após rebaixamento do Brasil, Maia se diz magoado com governo

12/01/2018 18:34 Política
Rodrigo Maia
Rodrigo Maia

"Nosso desafio não é encontrar culpados", afirmou o presidente da Câmara, após Henrique Meirelles e parte do Planalto, segundo ele, terem culpado o Congresso por nota da agência de classificação de risco Standard & Poor’s

Opresidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse estar magoado com o governo, nesta sexta-feira (12), após o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e parte do Planalto terem, segundo ele, culpado o Congresso pelo rebaixamento da nota do Brasil pela agência de classificação de risco Standard & Poor’s.

"Nosso desafio não é encontrar culpados. Precisamos encontrar uma solução para aprovar a reforma da Previdência. Sei que o presidente Temer está sempre empenhado, mas o que a gente não pode é reorganizar a votação e o ministro da Fazenda ficar procurando responsáveis por esse problema. Fiquei muito magoado", disse Maia.

"A forma como Meirelles falou parece que ele está contra a reforma. Depois de tudo o que a gente fez, parece que a culpa foi nossa. O Brasil vivia uma crise fiscal profunda e saiu dela graças ao governo e também graças ao Congresso, que aprovou uma reforma trabalhista, por exemplo", completou o presidente da Câmara, em entrevista ao O Globo.

Em comunicado, a S&P informou que o Brasil está demorando para implementar as reformas que reduzam os riscos fiscais do país, principalmente a da Previdência. “Apesar de vários avanços da administração [Michel] Temer, o Brasil fez progresso mais lento que o esperado em implementar uma legislação significativa para corrigir a derrapagem fiscal estrutural e o aumento dos níveis de endividamento”, justificou a agência.

Fonte: NOTÍCIAS AO MINUTO

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.