Sul-mato-grossense leva 12 facadas e crime é transmitido em live no Facebook

Vítima está internada na Santa Casa
06/04/2020 18:46 Policial
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um sul-mato-grossense de 26 anos de idade foi esfaqueado 12 vezes dentro da própria casa e o crime acabou sendo registrado pela câmera de um celular, no momento em que a vítima fazia uma transmissão ao vivo pelo Facebook. O caso aconteceu em Andradina (SP) e a vítima está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa do município.

A tentativa de homicídio ocorreu na casa da vítima, na rua Alcides Fernandes Paiva no bairro Pereira Jordão, conforme divulgou a Rádio Caçula. A gravação iniciou às 20h03 da última sexta-feira (3). A vítima chegou a escrever: “Oi gente tudo bem estão pronto para entrar na live para nós conversar e aproveitar vou fazer uma macarronada (sic)”.

Durante a exibição do vídeo, o acusado estava na casa e chega a participar da transmissão, lendo alguns comentários do vídeo, que teve mais de 9,4 mil visualizações e 5,5 mil reações.

Em outro momento da transmissão, é possível ver um ventilador sendo jogado e a vítima gritando desesperadamente, “para f***p****. Socorro, socorro, socorro (sic)”. Algumas pessoas que assistiam a live comentaram a transmissão, achando que se tratava de uma brincadeira dos dois. No final da gravação, o suspeito sai do quarto todo ensanguentado e em seguida, pega o celular e encerra a transmissão.

O suspeito de 23 anos foi preso e autuado em flagrante e segundo a polícia, supostamente teria usado crack dentro da casa da vítima, que teria lhe oferecido moradia até esta segunda-feira (6). O acusado cumpriu pena por roubo e saiu da cadeia no dia 31 de março deste ano. A vítima é natural de Três Lagoas.

Fonte: Dayene Paz / Midiamax

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.