Militares de folga impedem roubo e dois são presos em posto de combustível

Cinco funcionários do local foram rendidos pelos suspeitos durante o crime. Caso aconteceu no Pioneiros
11/07/2019 16:04 Policial
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Dois homens foram presos no início da tarde desta quinta-feira (11) durante tentativa de assalto a um posto de combustível da Rua Ana Luísa de Souza, no Bairro Pioneiros, em Campo Grande. O crime foi impedido por dois policiais militares que estavam de folga e perceberam a ação dos bandidos.

As vítimas contaram à polícia que os assaltantes chegaram por volta das 11 horas, horário em que é feito o fechamento de caixa da manhã. Os suspeitos estavam em um Volkswagen Gol branco, abasteceram o carro, mas antes de ir embora, renderam o frentista e o levaram para a sala de administração, onde estavam o gerente e outros três funcionários.

Armado com um revólver calibre 32, um dos suspeitos obrigou as cinco vítimas a se ajoelharem no canto da sala. Para a polícia, as vítimas afirmaram que o bandido os ameaçava de morte, parecia nervoso e a todo o momento pedia por dinheiro. Ainda conforme as testemunhas, o assaltante dizia que se eles não ficassem quietos “iam tomar tiro”.

Ele e o comparsa reviraram a sala, mas não encontraram dinheiro. Resolveram então roubar as carteiras e os celulares das vítimas. Duas delas estavam com os aparelhos e foram forçadas a entregar aos assaltantes. Enquanto isso, clientes perceberam o crime e pediram ajuda em uma bicicletaria em frente ao posto.

O soldado da Polícia Militar, Juliano Targon, lotado no 10º Batalhão, estava no local e foi até o posto. Assim que se aproximou da sala em que as vítimas eram mantidas refém encontrou o primeiro suspeito, que estava desarmado e deixava o local.

O segundo envolvido, que estava com a arma, viu o comparsa ser preso e correu para escapar. Targon chegou a efetuar um tiro em direção ao suspeito, que não foi atingido e continuou a fuga. Neste momento, o sargento da Polícia Militar Cleber Aguilera chegava para abastecer o carro e flagrou a ação. Ele então desceu do veículo, perseguiu e prendeu o ladrão.

“Os assaltantes não deram sorte hoje”, comentou Targon a reportagem. Moradores da região ajudaram os policiais e amararam o assaltante com um cinto até a chegada das viaturas da Polícia Militar. Enquanto isso, um homem, não identificado, foi ao posto afirmando que o Gol usado pelos bandidos era dele. Ele contou que foi assaltado logo após deixar o filho na escola, minutos antes da dupla invadir o estabelecimento.

Os dois suspeitos, que não tiveram os nomes divulgados pela polícia, foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. Com eles foram apreendidos quatro celulares, dinheiro e a arma usada no crime. Já na unidade, afirmaram que o dinheiro era pagamento do trabalho deles. Caso é registrado.

Moradores da região flagraram a prisão. Confira o vídeo:

Fonte: Geisy Garnes e Clayton Neves / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.