Homem com corda no pescoço tenta se suicidar e é salvo por policiais militares em Batayporã

Um homem teve a vida salva por policiais militares de Batayporã ao tentar se suicidar na tarde deste domingo (09).
11/06/2019 04:42 Policial
FOTO: ILUSTRATIVA
FOTO: ILUSTRATIVA

Um homem teve a vida salva por policiais militares de Batayporã ao tentar se suicidar na tarde deste domingo (09). Conforme apurado pelo Nova News, a vítima teria tentado se enforcar com uso de uma corda.

Um membro da família encontrou o homem em um dos cômodos da casa e ligou para o Corpo de Bombeiros de Nova Andradina e também para a Polícia Militar de Batayporã.

Na sequência, a vítima foi encaminhada para o Pronto Atendimento Médico de Batayporã e, posteriormente, para o Hospital Regional de Nova Andradina.

Devido à distância, a PM assumiu o caso, não sendo necessário do comparecimento do Corpo de Bombeiros. O fato ocorreu na Rua João Tolotti, que fica na Vila Antônia Nantes, nas proximidades da praça do Bairro Nova Era.

Valorização da vida

O suicídio representa uma parcela expressiva do número de óbitos registrados no Brasil e no mundo e, neste contexto, é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um problema de saúde pública. Para prevenir estas situações, existe o Centro de Valorização da Vida (CVV).

Fundado em São Paulo, em 1962, o CVV é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973. Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.

 Os contatos com o CVV são feitos pelos telefones 188 (24h e sem custo de ligação) ou 141 (nos estados da Bahia, Maranhão, Pará e Paraná), pessoalmente (nos 89 postos de atendimento) ou pelo site www.cvv.org.br, por do meio chat e-mail. Nestes canais, são realizados mais de 2 milhões de atendimentos anuais, por aproximadamente 2.400 voluntários, localizados em 19 estados mais o Distrito Federal. 

Fonte: Nova News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.