Após desavença, policial deixa mensagem para colegas e é encontrado morto em casa

Iago Kammler faleceu na noite deste domingo (12) em Figueirão
13/07/2020 05:19 Policial
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Foi encontrado na noite deste domingo (12) o corpo do Soldado da Policia Militar Iago Kammler, de 26 anos, em Figuerião, município no interior de Mato Grosso do Sul e a 242km de Campo Grande. Segundo informações, Kammler teria deixado uma mensagem para os colegas de profissão em um grupo no WhatsApp. O policial pertencia a turma de 2015/2016 e tinha apenas 4 anos de formado.

“Obrigado por toda ajuda e ensino que me deram todos esses anos, desculpem por minhas falhas e por meus erros. Tudo que eu sempre quis foi fazer a coisa certa e lutar contra a bandidagem. Eu falhei, infelizmente o mal sempre vence. E agora eu só quero ficar em paz. Por favor, continuem lutando contra o mal por mim, espero não ter morrido em vão. Se tiver algum órgão meu que possa ser doado, eu quero que doem. Meu corpo está em casa, a porta está aberta. Minha continência e meu respeito a vocês que foram minha família. Desculpem me despedir assim, mas eu cansei desse mundo”.

De acordo informações apuradas pelo Jornal Midiamax, o soldado teria tido uma discussão com um homem, que resultou um boletim de ocorrência pouco antes do ocorrido neste domingo (12), e que era pressionado por desafetos na cidade. A morte do soldado, que abalou os colegas de profissão, foi confirmada pela 4ª Companhia Independente de Polícia Militar por meio de nota:

Com muita tristeza que comunicamos o falecimento do Policial Militar, SD KAMMLER, lotado no GPM de Figueirão.

Kammler, um policial militar dedicado, apaixonado pela profissão e destemido. Doou sua vida e seu coração à segurança da sociedade. Sua imagem sempre viverá entre nós; policiais militares.

A 4° Companhia Independente de Polícia Militar externa as mais sinceras condolências à família e aos amigos, rogando a Deus que conforte a todos nesse momento de dor, bem como se coloca à disposição dos familiares.”

Fonte: Carlos Yukio / Midiamax

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.