Agente ajudava a entregar celulares para traficante em presídio de MS

Filho do traficante entregou esquema
02/06/2020 20:33 Policial
/ Foto: Divulgação
/ Foto: Divulgação

Com 2,7 mil presos, o maior presídio de MS recebe denúncias de corrupção contra seus servidores. Na PED (Penitenciária Estadual de Dourados), uma denúncia recente inclui a ligação entre um agente penitenciário e um traficante internacional de drogas. O agente teria facilitado a entrada de celulares destinados ao bandido, Carlos Von Scharte. 

Segundo informações divulgadas pelo Campo Grande News, o traficante trabalhava fora dos muros e ocupava cela destinada a políticos e presos com ensino superior. O esquema foi descoberto na semana passada, quando policiais abordaram um carro perto do presídio conduzido por Rafael de Melo Von Scharte; 

Havia cigarro, isqueiro, pacotes de fumo, dois celulares no carro. Rafael, filho do criminoso, disse que entregaria os produtos ao agente penitenciário. Policiais acompanharam o filho até o local onde ele faria a entrega, mas não havia ninguém. O celular dele começou a tocar: era o agente, informa o Campo Grande News. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia Civil de Dourados.

Em nota enviada ao Campo Grande News pela assessoria de imprensa, a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou que Carlos Von Scharte possuía autorização judicial para trabalho extramuro. “Ele já foi retirado do serviço e está isolado preventivamente em cela disciplinar. Vai responder processo disciplinar interno”.

A Agepen informou que também suspendeu preventivamente todo o trabalho de limpeza externa para maiores apurações. “O servidor que cuidava dos reeducandos que realizam a limpeza externa foi deslocado para outra função e a Agepen também encaminhou o caso para ser investigado pela Corregedoria”.

Fonte: O Pantaneiro

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.