Peixe-agulha salta da água e atravessa o pescoço de adolescente

22/01/2020 16:48 Mundo
Peixe-agulha cravado no pescoço de adolescente na Indonésia - Foto: Reprodução/Facebook(Savage Paramedics)
Peixe-agulha cravado no pescoço de adolescente na Indonésia - Foto: Reprodução/Facebook(Savage Paramedics)

O adolescente Muhammad Idul ficou ferido quando um peixe-agulha saltou da água e ficou cravado no pescoço do jovem de 16 anos.

O caso aconteceu no último sábado (18/1) no vilarejo de Buton (província de Sulawesi Oriental, Indonésia).

O longo bico do peixe cortou o pescoço do adolescente e perfurou a parte traseira do crânio, criando um grande buraco aberto que ia direto para o outro lado do pescoço.

O estudante foi levado à emergência de um hospital. Lá, a equipe médica não tinha condições de realizar a cirurgia, e o adolescente foi transferido a outro centro médico, onde, dois dias depois, foi operado com sucesso.

"Sorte que o peixe ficou preso. O bico bloqueou o sangramento", disse um médico envolvido na cirurgia, que durou duas horas, de acordo com o site de notícias "Makassar Terkin".

Muhammad continua internado. Sua condição é estável, mas ainda preocupante, segundo o "Antara News".

As imagens do caso viralizaram nas redes sociais orientais. Muitos perguntaram: "Como ele pode ter sobrevivido?"

 

Peixe-agulha cravado no pescoço de adolescente na Indonésia - Foto: Reprodução/Facebook(Savage Paramedics)

Peixe-agulha cravado no pescoço de adolescente na Indonésia - Foto: Reprodução/Facebook(Savage Paramedics)

 

 

Bico de peixe-agulha retirado do pescoço de paciente - Foto: Reprodução/Facebook(Savage Paramedics)

 Bico de peixe-agulha retirado do pescoço de paciente - Foto: Reprodução/Facebook(Savage Paramedics)

 

Fonte: Extra/Globo

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.