Médica arranca parte da língua de homem que a beijou à força

A funcionária do Pelenomi Tertiary Hospital reagiu mordendo violentamente a língua do agressor, que conseguiu fugir.
12/06/2019 05:13 Mundo
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

                             Uma médica, de 24 anos, que descansava no alojamento de um hospital em Bloemfontein (África do Sul), acordou com um homem estranho em cima dela, dando um beijo na boca à força.

A funcionária do Pelenomi Tertiary Hospital reagiu mordendo violentamente a língua do agressor, que conseguiu fugir.
Porém, com grande sangramento, o agressor, de 32 anos, procurou um outro hospital. Ele foi submetido a cirurgia de emergência e acabou perdendo um pedaço da língua. Ele foi preso após o procedimento, contou o "Metro".
"Graças a Deus a médica teve força para lutar contra o homem e morder a língua dele", afirmou Mondli Mvambi, porta-voz do Ministério da Saúde. A médica foi submetida a exames e a acompanhamento psicológico.
Ano passado, segundo números oficiais, foram registrados mais de 40 mil estupros na África do Sul, mas autoridades acreditam que o número seja muito maior, pois muitos episódios de violência sexual não são relatados, por medo, vergonha ou por acontecerem em áreas remotas.

Fonte: Goionews / Fátima News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.