Crianças encontradas nos EUA eram treinadas para atirar em escolas

As crianças, que tem entre um e 15 anos, estão sob a proteção do Estado
09/08/2018 13:38 Mundo
© REUTERS (Imagem de arquivo) 
© REUTERS (Imagem de arquivo) 

As 11 crianças que foram encontradas na cidade de Novo México, nos Estados Unidos, estavam recebendo treinamento para usarem armas de fogo e realizarem tiroteios em escolas do país. Documentos apresentados nesta quarta-feira (08) por promotores informaram os planos, acrescentando ainda que esse treinamento era dados por cinco adultos. As crianças, que tem entre um e 15 anos, estão sob a proteção do Estado. As informações são do jornal 'Extra'. 

Ainda que no caso não conste a acusação de uso de armas, os promotores explicaram que os adultos estavam treinando as vítimas "com armas para promover uma conspiração para cometer tiroteios nas escolas". 

Siraj Ibn Wahhaj, apontado como o principal suspeito, vai responder também pelo sequestro de seu próprio filho, de três anos, em dezembro de 2017. Foi através da busca pelo menino que as autoridades encontraram o complexo, na última sexta-feira (03). 

Jerry Hogrefe, xerife do condado de Taos, disse que foram encontrados no local um campo de tiro e que os policiais viram dois homens portando rifle AR-15, cinco carregadores de 30 cartuchos e quatro pistolas carregadas.

Fonte: Notícias ao Minuto

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.