Foto perfeita? Influenciadora mostra a realidade por trás dos cliques

A influenciadora americana, Danae Mercer usa o Instagram para mostrar que não existe um corpo perfeito, mas, sim, um ângulo favorável
29/06/2020 11:54 Mulher
IG
IG

O Instagram está recheado de fotos com o que muitos acham que são os corpos perfeitos. E muitas mulheres ao verem essas imagens não se sentem bem com elas mesmas por acreditam que nunca terão esse biotipo.

Pensando nisso, uma influenciadora americana chamada Danae Mercer resolveu mostrar a realidade do corpo feminino e que a maioria da aparente perfeição que é mostrada nas fotos, nada mais é que uma pose ou ângulo bem feito.

 

Danae deixa claro para mais de 700 mil seguidores que o seu objetivo é “fazer com que as garotas se sentirem normais”. Em cada publicação, ela mostra que uma foto tirada de certo ângulo ou com uma luz diferenciada muda completamente uma foto.

A realidade por trás da foto

A influenciadora tem mostrado que ter celulites, estrias e gordurinhas a mais é super normal e não é um problema, na realidade, são traços comuns nas mulheres.

"A celulite é tão comum! Então, use aquele maiô, arrase no biquíni, vá lá fora e mostre a maravilha que você é. E não deixei nenhum pequeno detalhe fazer com que você duvide de si mesma, nem por um segundo", diz em uma das publicações.

A ideia parece que está conseguindo resultados, várias seguidoras agradecem Danae por seu trabalho. Muitas usuárias dizem que ela “está ajudando as mulheres a se sentirem mais confiantes”.

"Você não tem ideia do quanto essas postagens ajudaram minha autoestima. Todo mundo sempre me dizia para não me comparar aos influenciadores no Instagram, mas era difícil perceber que há mais do que apenas tirar uma foto", afirma outra seguidora.

 

Fonte: IG

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.