Presos na delegacia de Itaporã iniciam motim e são contidos por policiais

Líderes do motim tem várias passagens pela polícia e ameaçavam ‘quebrar cela’
09/01/2019 09:24 Itaporã
Presos na delegacia de Itaporã iniciam motim e são contidos por policiais
Presos na delegacia de Itaporã iniciam motim e são contidos por policiais

Na terça-feira (08), presos da Delegacia de Polícia Civil de Itaporã iniciaram motim com o objetivo de danificar as celas da unidade.

Conforme boletim de ocorrência, o motim teve início às 11h30, quando o preso da cela interna Diogo Vinicius Gonçalves teria começado a incitar os demais custodiados gritando que iria “quebrar a cela”, em seguida tentou atear fogo em um colchão.

Diante das atitudes de Diogo, os outros sete presos da cela começaram a gritar, momento que os internos da cela dos fundos, total de quatro, também começaram a gritar e chutar as grades, liderados por Eduardo Gimenes Silva, que afirmava “é agora que a gente quebra galera”.

Os policiais civis de plantão acionaram a equipe de serviço da Polícia Militar de Itaporã, que juntos controlaram a ação, separaram alguns presos e fizeram revistas nas celas, encerrando a ação às 12h50.

Diogo assaltou um posto de combustíveis em outubro de 2015; em janeiro de 2017 ele foi preso novamente acusado de compor quadrilha que efetuou assalto a uma relojoaria em Itaporã; e em dezembro do ano passado ele foi recapturado por estar evadido do sistema prisional.

Já Eduardo foi quem roubou uma caminhonete da Prefeitura de Itaporã em julho de 2017; e assaltou um hotel da Cidade em dezembro do ano passado.

O boletim de ocorrência foi registrado citando Diogo e Eduardo como autores de motim de presos.

 

Fonte: Aislan Nonato, do iFato

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.