Perícia aponta presença de animal silvestre na MS-157, onde universitárias bateram carro e morreram

Uma capivara foi encontrada morta. No veículo das vítimas foram verificados indícios de atropelamento.
11/06/2019 15:52 Itaporã
O laudo preliminar da perícia aponta ainda que o carro das jovens de 22 anos pode ter atingido o animal silvestre antes de bater de frente com uma Van.
O laudo preliminar da perícia aponta ainda que o carro das jovens de 22 anos pode ter atingido o animal silvestre antes de bater de frente com uma Van.

Peritos encontraram uma capivara morta no local do acidente que matou as universitárias sul-mato-grossenses Letícia Rodrigues Araújo e Thaline dos Santos Escobar, na noite de 6 de junho. O laudo preliminar da perícia aponta ainda que o carro das jovens de 22 anos pode ter atingido o animal silvestre antes de bater de frente com uma Van.

O acidente aconteceu na MS-157, em Itaporã, a 70 quilômetros do destino das amigas, que era a cidade de Maracaju, onde a família de Letícia mora. Ela iria contar aos pais sobre a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso na faculdade de Direito, ocorrida momentos antes, e convidou a amiga para ir junto. A viagem era surpresa.

O carro dirigido por Letícia ficou destruído no meio da pista e ela e Thaline morreram no local. A Van tombou às margens da rodovia. Dos seis ocupantes que estavam na Van da Secretaria Municipal de Saúde de Itaporã, três continuam internados e o estado é estável.

 

Fonte: Por TV Morena

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.