Notificações por dengue aumentam consideravelmente nos primeiros meses de 2020, em Itaporã

O município tem hoje em torno de 480 notificações de dengue. 19 pessoas já morreram vítimas da dengue no Mato Grosso do Sul este ano
25/03/2020 15:02 Itaporã
 Agentes de endemias mantêm os trabalhos incansavelmente, dia a dia, orientando os moradores sobre a dengue e também sobre o coronavírus,
Agentes de endemias mantêm os trabalhos incansavelmente, dia a dia, orientando os moradores sobre a dengue e também sobre o coronavírus,

Em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) que motivou até o decreto de situação de emergência no município, Itaporã tem alto índice de notificações de dengue.

A reportagem do site Itaporã News apurou que esses números foram contabilizados na terça-feira (24) pelo Departamento de Controle de Endemias - DECOE. Com uma população estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 24.839 habitantes, Itaporã tem hoje incidência de 480 notificações de dengue, o que preocupa porque em relação ao ano anterior, nesta data, o município estava com apenas 159 notificações.

O coordenador de endemias de Itaporã, Gilberto Linhares, ressalta que está faltando inseticida, recentemente o município recebeu uma pequena quantidade que não foi suficiente e, sem o inseticida que ajuda a controlar o aumento do mosquito a situação fica difícil. O índice pode aumentar ainda mais, caso a população não tenha o cuidado de manter seus quintais limpos, sem os criadouros dos mosquitos.

Apesar do decreto de quarentena, os agentes de endemias mantêm os trabalhos incansavelmente, dia a dia, orientando os moradores sobre a dengue e também sobre o coronavírus, levando a sociedade informações de grande importância.

A redação do site Itaporã News solicita que os itaporaenses utilizem o período de quarenta como um tempo para poder limpar os quintais, e assim diminuir os criadouros do aedes aegypti (mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya). “Infelizmente não adianta ficar em casa para conter a pandemia e impedir que esse vírus (COVID19) faça novas vítimas e deixar os quintais (terrenos) com grandes focos do mosquito Aedes aegypti, o que aumentará as vítimas por causa da dengue. Seja consciente, faça o bem para você e para o outro. Fique em casa e limpe o seu quintal!”, redação Itaporã News.

Estado

Mesmo durante este período de quarentena, como medida preventiva contra o novo coronavírus, os casos confirmados de dengue continuam subindo em Mato Grosso do Sul. Sobe para 19 mortes causadas pelo mosquito Aedes aegypti, conforme o boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) nesta quarta-feira (25).

Campo Grande lidera o ranking de municípios com mais casos confirmados, com 5.163 mil, contabilizando 4 mortes, Corumbá (3), Sete Quedas (1), Cassilândia (1), Pedro Gomes (1), Nova Andradina (1), São Gabriel do Oeste (1), Caarapó (1), Bodoquena (1), Chapadão do Sul (1), Mundo Novo (1), Dourados (1) e Aquidauana (1).

 

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.