Itaporaense reencontra mãe biológica após 34 anos

A itaporaense reencontrou a mãe, um casal de irmãos e mais três irmãos por parte do seu pai biológico, que já é falecido.
30/03/2020 11:01 Itaporã
Na foto filha e mãe reencontram após 34 anos
Na foto filha e mãe reencontram após 34 anos

A itaporaense, Jaqueline Lima Cabral de 34 anos, foi criada em Montese, sua mãe adotiva, Marinete Lima Cabral (dona Marina), a tratou com muito amor e carinho, mas apesar de todo o cuidado a filha sempre quis conhecer sua família biológica. Jaqueline buscou pistas por meio da família adotiva que a levassem a informações de sua origem.

A itaporaense por medo de magoar sua mãe de criação  foi "impedida" de procurar a família biológica, por muitos anos, até que sua mãe adotiva faleceu, a qual estava em idade avançada e contou com todo cuidado, amor e apoio de Jaqueline.

Após um ano e seis meses da morte de sua mãe de criação, Jaqueline começou a procurar por meio do rádio sua família biológica, não obtendo êxito. A itaporaense sabia somente o primeiro nome de sua mãe, mas isso não a impediu de seguir com as buscas.

Jaqueline passou a procurar por sua família biológica através das redes sociais. Após um período de buscas no Facebook, nos perfis de várias pessoas com o mesmo nome "Ilda" (nome da mãe biológica) Jaqueline encontrou um rapaz parecido com ela e descobriu que era seu irmão.

Em contato com o rapaz que era muito parecido com ela, a itaporaense teve a certeza que havia encontrado sua família biológica, após 34 anos.

A mãe biológica de Jaqueline, Ilda Garcia, é moradora do município de Maracaju. A itaporaense reencontrou a mãe, um casal de irmãos e mais três irmãos por parte do seu pai biológico, que já é falecido. 

"O sentimento hoje é de gratidão a Deus por ter encontrado meus parentes biológicos, a cada dia estou mais apaixonada por essa nova família também. Minha mãe de criação foi ótima, mas eu precisava me sentir completa", contou Jaqueline a redação do Itaporã News.

Jaqueline reencontrou sua família biológica e foi recebida com muito carinho. Hoje a itaporaense está feliz e realizada por preencher todas as lacunas de sua história e, ainda ter mais uma família para amar.

Jaqueline e dois irmãos que ela não conhecia

Fonte: Redação Itaporã News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.