Itaporã: presos por furto podem ser autores de onda de crimes no município

Lembrando que em Itaporã foram várias residências invadidas e os bandidos agiam iguais, reviravam os locais, mexendo em guarda-roupas e furtando joias, ainda furtavam televisões, notebooks e outros aparelhos. O que levantou a suspeita de serem as mesmas pessoas.
19/05/2019 11:31 Itaporã
Davi acabou confessando a autoria do furto e que Eduardo era seu comparsa.
Davi acabou confessando a autoria do furto e que Eduardo era seu comparsa.

No sábado, por volta das 16h a Polícia Militar de Itaporã realizou a abordagem de uma motocicleta, Honda Fan 125, conduzida por Eduardo Luiz Ruiz (Dudu), de 26 anos, e de passageiro a pessoa de Davi Rodrigues Alves, de 32 anos, ambos moradores da cidade de Dourados. Durante a abordagem foi constatado que Eduardo era evadido do sistema prisional.

Os policiais realizaram busca pessoal em Eduardo, onde foi encontrado um relógio feminino, um controle remoto de portão e um celular, indagado sobre os pertences o mesmo disse que eram da sua mãe, já de posse de Davi foi encontrado uma chave de fenda e um controle remoto de uma televisão. Ambos foram encaminhados até a PM para confecção do boletim de ocorrência, visto que Eduardo estava evadido da justiça e Davi por entregar direção de veículo à pessoa não habilitada.

Ainda no sábado, por volta das 18h30, uma mulher entrou em contato com a Polícia Militar, informando que um sítio próximo a Piraporã havia sido arrombado e que foi furtado do interior da residência um televisor. Os policiais suspeitaram que os autores pudessem ser os mesmos que estavam presos, então enviaram uma foto do relógio encontrado com eles para mulher, via WhatsApp, e a vítima reconheceu ser da propriedade e que também havia sido subtraído.

Os policiais foram até o sítio, onde mostraram para a vítima o relógio e o controle remoto e a mulher confirmou que ambos eram da residência. Em conversa com os indivíduos, Davi acabou confessando a autoria do furto, porém, disse que não sabia onde o comparsa Eduardo, havia deixado à televisão.

Após conversar com o Eduardo ele acabou levando os policiais até a margem da MS-156, onde estava escondida a televisão para buscar de madrugada, sendo encontrado também um kit de sabonetes que foi furtado da residência. Diante dos fatos os acusados receberam voz de prisão sendo encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para providências.

Fonte: Itaporã News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.