Delegado de Polícia Civil de Itaporã confirmou a identidade do homem que realizou onda de furtos no município

A identificação feita pelo sistema expôs Davi Rodrigues Alves, de 32 anos, como o autor do primeiro furto realizado no município. Entre outras investigações da Polícia Civil foi possível confirmar que Davi também participou das demais invasões.
20/05/2019 17:38 Itaporã
Davi e Eduardo presos por furto em Itaporã.
Davi e Eduardo presos por furto em Itaporã.

A reportagem do site Itaporã News esteve na tarde desta segunda-feira (20), na Delegacia de Polícia Civil de Itaporã. Em entrevista com o Delegado, Dr. Rauali Kind Mascarenhas, o mesmo confirmou a identidade do homem que estava praticando uma onda de furtos no município.

O delegado explicou que o autor foi identificado por meio de uma digital, colhida pela perícia, que esteve presente e fez o levantamento de todos os locais dos crimes. A identificação feita pelo sistema expôs Davi Rodrigues Alves, de 32 anos, como o autor do primeiro furto realizado em Itaporã. Entre outras investigações da Polícia Civil foi possível confirmar que Davi também participou das demais invasões.

Davi foi preso no sábado, por volta das 16h, após uma abordagem da Polícia Militar de Itaporã, o mesmo estava de passageiro na moto Honda Fan 125, a qual era conduzida por Eduardo Luiz Ruiz (Dudu), de 26 anos. A PM desconfiou dos mesmos e realizou a abordagem, momento em que identificaram Eduardo como foragido da justiça e então encaminharam ambos à delegacia, Davi por entregar direção de veículo à pessoa não habilitada.

Ainda no sábado, após uma denuncia, Davi e Eduardo foram identificados como autores do furto em um sítio próximo a Piraporã, Dr. Rauali explicou "Gostaria de parabenizar a ação da Polícia Militar ao abordar os autores, eu estava inclusive providenciando o pedido de prisão preventiva do Davi. Quando eles chegaram à delegacia, nós já tínhamos a identificação de Davi. A digital é apenas um dos indícios que revejam a autoria, mas há outros elementos que a confirma, como o próprio 'modus operandi' dos furtos", disse o delegado.

“Temos fortes indícios probatória de que Davi participou de todos os furtos recentes no município de Itaporã, já com relação a Eduardo nós apenas confirmamos o furto do sítio, por enquanto. Porém, todas as ementas levantadas indicam que Davi atuou entre sua empreitada delitiva com auxílio de outros coautores e partícipes. Esses ajudantes e informantes ainda serão identificados. Eles trabalhavam de uma forma organizada, tinham informações privilegiadas, residências que já eram indicadas previamente. Saíam de Dourados diretamente para o local que era alvo do furto”, finalizou Dr. Rauali.

 A Polícia Civil continuará investigando até chegar aos demais envolvidos e trabalhará para identificar o mercado de receptação dos objetos furtados, em busca da recuperação. Lembrando que em um curto período de tempo foram mais de quatro residências invadidas, as quais tiveram diversos objetos furtados.

Fonte: Itaporã News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.