Atraído para falso frete, motorista é assaltado e amarrado no mato

Entre Dourados e Itaporã, a dupla anunciou o assalto
18/11/2019 11:37 Itaporã
Na delegacia, motorista mostra cordas usadas por assaltantes para deixá-lo amarrado no mato (Foto: Sidnei Bronka/Ligado na Notícia)
Na delegacia, motorista mostra cordas usadas por assaltantes para deixá-lo amarrado no mato (Foto: Sidnei Bronka/Ligado na Notícia)

Atraído para falso frete, motorista de 55 anos foi assaltado e deixado amarrado no mato na madrugada na quinta-feira (14) em Dourados, Os assaltantes fugiram levando o caminhão dele, o Mercedes Benz placa HRO-2157. O possível destino é Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã.

Na 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde foi nesta manhã para registrar o boletim de ocorrência, o homem disse que na segunda-feira (11) foi procurado através do aplicativo WhatsApp por uma mulher que se identificou como Rose, interessada em contratar o frete.

A mulher disse que precisava buscar uma mudança em Aquidauana e que dois homens iriam com ele de Dourados, para ajudar a buscar a carga.

Por volta de 3h da madrugada de hoje, o caminhoneiro se encontrou com os dois homens no Trevo da Bandeira, na saída de Dourados para Ponta Porã. Desse local, caminhoneiro e os dois desconhecidos seguiram em direção a Aquidauana, pela MS-156.

O motorista contou que em frente reserva indígena, entre Dourados e Itaporã, a dupla anunciou o assalto. Os bandidos estavam armados com revólver e faca, segundo ele. Um dos assaltantes teria encostado a faca na barriga do caminhoneiro e mandou que fizesse o retorno.

Nesse momento, segundo o motorista, ele abriu a porta e pulou do caminhão, mas foi alcançado pelos assaltantes e trancado no baú. Perto do Clube do Laço, na BR-463, que liga Dourados a Ponta Porã, foi deixado amarrado no mato e a dupla fugiu com o veículo.

Hoje de manhã, uma pessoa que passava pela rodovia ouviu o motorista gritando e o libertou. O caminhoneiro disse que além do caminhão, os assaltantes levaram sua carteira e o celular.

 

Fonte: Campo Grandes News/Helio de Freitas, de Dourados

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.