“Carro deu PT”, diz Caio Castro após susto no Rally dos Sertões

Ator sofreu acidente na noite de sábado e não poderá continuar na disputa
25/08/2019 07:17 Esporte
Ator usou as redes sociais para dizer aos fãs que estava bem (Foto: Reprodução)
Ator usou as redes sociais para dizer aos fãs que estava bem (Foto: Reprodução)

O ator Caio Castro utilizou mais uma vez as redes sociais para conversar com os fãs depois do acidente que sofreu na noite deste sábado (24) durante o superprime do Rally dos Sertões, em Campo Grande. Numa live nas redes sociais, o astro afirmou que o “carro deu PT”, termo usado para perda total.

"Teve problema de estrutura, teve problema de teto, de barra de direção, de chassi. O carro ficou destruído, impossibilitando nossa continuidade na prova", detalhou ao justificar porque não tem mais condições de continuar na competição e, por isso, voltará para casa mais cedo.

Veja a seguir o acidente registrado por dois ângulos, no primeiro vídeo enviado pelo canal Direto das Ruas e no segundo publicado pelo ShopCar:

Aos fãs eles explicou o acidente. “A gente foi para uma espécie de GP, onde os 8 melhores carros competiam em duplas, em sequência...Cheguei na semifinal e entrei bastante forte em uma curva na saída do túnel, onde tinha um morrinho, e capotei”.

O ator da Rede Globo comentou também que ele o co-piloto, conhecido pelo apelido de “Melado”, saíram do carro sem arranhões depois de capotar. Durante a transmissão ao vivo, Caio disse que “pisou demais” no acelerador, comemorou o terceiro lugar conquistado no treino classificatório entre 60 carros, e sobre o abandono da competição avaliou que “Deus sabe o que faz”.

Disse ter assistido as imagens do acidente e que ficou assustado por isso decidiu fazer a live em sua página no Instagram. Lembrou que a primeira ligação feita após a capotagem foi para a família e também pediu desculpas à mãe, ao pai e à avó pelo susto. Apesar do acidente, brincou que foi “picado pelo bichinho” do rally e que no ano que vem volta a disputar. “Primeiro tem de aprender a andar para depois correr”, finalizou.

Depois de passar pelo hospital para avaliação, o ator foi liberado pelos médicos. Já o co-piloto ficou em observação, entretanto, segundo Caio, ele também não corre nenhum risco. O ator lembrou que essa foi à primeira experiência no rally. “Eu tava empolgadinho, tava pisando demais”, brincou.

Fonte: Gabriel Neris e Ângela Kempfer / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.