UEMS Bonito sedia 55º Congresso Brasileiro de Olericultura

07/08/2018 15:29 Educação
A olericultura é a área da horticultura que abrange a exploração de hortaliças e que engloba culturas folhosas, - Crédito: Eduarda Rosa
A olericultura é a área da horticultura que abrange a exploração de hortaliças e que engloba culturas folhosas, - Crédito: Eduarda Rosa

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) participa da organização do 55º Congresso Brasileiro de Olericultura (CBO), realizado em Bonito. A abertura do CBO foi na noite desta segunda-feira (6), no Centro de Convenções da cidade. O evento segue até a sexta-feira (10).

O presidente da comissão organizadora do evento, Antônio Correa de Oliveira Filho, que é professor da UEMS, abriu o Congresso dando boas-vindas aos mais de 800 inscritos. “Neste evento temos educadores, merendeiras, pesquisadores e estudantes de diversas partes do Brasil e da América Latina. Como temática do Congresso, foram pensadas a sustentabilidade com menos impacto na produção, a qualidade de vida e o consumo de produtos”, destacou o professor.

Para o vice-reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, é de grande importância para a Universidade participar da realização do Congresso. “A UEMS está presente em 15 municípios de MS e desenvolve, junto com instituições parceiras (UFGD, IFMS, UFMS, Embrapa e outras universidades) ciência, tecnologia e inovação para melhoria de qualidade de vida do nosso povo sul-mato-grossense”, ressaltou.

O Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Elias Verruck, que representou o Governo de MS, enfatizou a importância do evento para a área da olericultura e horticultura no Brasil. “Nós temos neste evento os grandes cérebros da discussão da olericultura e da horticultura brasileira, então acho que nós temos uma missão a cumprir neste Congresso. Pois este trata tanto da produção sustentável quanto do consumo, então aqui temos a possibilidade de fazer defesas relevantes para a coordenação da cadeia produtiva nacional”.

De acordo com a Presidente da Associação Brasileira de Horticultura (ABH), Tiyoko Nair Hojo Rebouças, as ações realizadas pela ABH têm reforçado a importância desse setor na sociedade em relação à saúde do consumidor, das perspectivas científicas no estudo de novas tecnologias e inovações para atender as novas exigências dos consumidores e seus novos hábitos alimentares.

“A ABH ao longo de mais de meio século tem contribuído para o desenvolvimento da produção de hortaliças, plantas medicinais, condimentadas e aromáticas, para a melhoria da qualidade de vida do consumidor e da vida dos produtores, além da sustentabilidade do agronegócio”, disse Tiyoko.

I Encontro Latino-americano de Horticultura, que ocorrerá juntamente com o 55º CBO, terá como palestrante de abertura o Presidente do CNPq, Dr. Mario Neto Borges, que discutirá sobre “Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional”. A palestra será na quinta-feira (9), às 8h, no Centro de Convenções. 

O 55º CBO e o I Encontro Latino-americano de Horticultura são promovidos pela Associação Brasileira de Horticultura (ABH) e, nesta edição, realizados pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS); Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (AGRAER); Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (SEMAGRO); e Sistema Famasul.

UEMS

Com 25 anos de história, a UEMS está entre as principais instituições de Ensino Superior na região Centro-Oeste. Com mais de 20 mil profissionais formados ao longo de sua trajetória, a Instituição já consolidou sua participação no desenvolvimento social, econômico cultural e científico de Mato Grosso do Sul.

A UEMS possui, atualmente, 66 cursos de graduação nas áreas de Agronomia, Agroecologia, Ciências Biológicas, Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal, Engenharia de Alimentos e Gestão Ambiental, entre outras, distribuídos em 15 Unidades Universitárias.

A instituição também possui 14 programas de Mestrado e dois de Doutorado nas áreas de Agronomia e Recursos Naturais, entre outras.

Fonte: Assessoria/UEMS

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.