Sem leitura de bíblia, projeto que obriga hinos nas escolas é aprovado

O projeto voltou para a pauta depois de pedido de vista na primeira sessão do ano
13/02/2020 15:21 Educação
Vereadores durante a sessão desta quinta-feira (13) (Foto: Izaias Medeiros/ Câmara Municipal)
Vereadores durante a sessão desta quinta-feira (13) (Foto: Izaias Medeiros/ Câmara Municipal)

Depois de ter pedido de vistas, o projeto de lei 8.868, que obriga entoação do Hino Nacional e do Hino à Campo Grande nas escolas de 1º grau da Reme (Rede Municipal de Educação) e instituições privadas, foi aprovado em primeira votação na sessão desta quinta-feira (13).

O texto foi aprovado com duas emendas, a primeira modifica a proposta, que passa a exigir a presença da bandeira de Campo Grande e do Brasil durante a entoação dos hinos. A mudança retira a obrigação do hasteamento, já que em algumas escolas não há mastro.

Já a segunda emenda, suprime o trecho que prevê a leitura de texto Bíblico nas escolas e acrescenta o paragrafo único que determina que a leitura do texto Bíblico é facultativa.

O pedido de vista foi feito pela Comissão Permanente de Controle da Eficácia Legislativa. Segundo o autor do projeto, vereador William Maksoud (PMN), foi discutido a competência da Câmara legislar sobre instituições privadas. "Não tem nenhum impedimento de vereador legislar sobre escolas particulares", disse.

O parlamentar ainda destacou a importância do projeto e aposta que "os alunos vão gostar".

Fonte: Fernanda Palheta / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.