Professores e alunos levam Tecnologias e Conhecimentos à Tecnofam

14/04/2018 01:00 Educação
Estudantes e docentes passaram meses preparando experimentos que serão apresentados no evento.
Estudantes e docentes passaram meses preparando experimentos que serão apresentados no evento.

Professores e estudantes da Faculdade de Ciências Agrárias da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) estarão entre os dias 17 e 19 de abril expondo na maior feira estadual de tecnologias voltadas para a agricultura familiar.

A Tecnofam (Tecnologias e Conhecimentos para Agricultura Familiar) é um evento organizado pela Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados, a cada dois anos. A feira está na sua terceira edição e já é uma referência para produtores familiares no Estado de Mato Grosso do Sul. Não apenas a UFGD, mas diversos órgãos e setores públicos colaboram com a Tecnofam.

De acordo com o professor Luciano Oliveira Geisenhoff, a UFGD terá áreas experimentais nas quais poderá mostrar, na prática, algumas tecnologias de produção desenvolvidas na universidade ou por parceiros, como empresas públicas e privadas. São experimentos em cobertura de solo, irrigação, novos cultivares, entre outras tecnologias colocadas em prática, testadas e que poderão ser conferidas ao vivo pelos visitantes da feira.

O chefe geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Guilherme Lafourcade Asmus informa que a Tecnofam conta com mais de 20 tecnologias a campo, além de mostras, oficinas e feira de produtos. “A Tecnofam cria um ambiente favorável para o conhecimento e a adoção de tecnologias que façam diferença no dia a dia do agricultor familiar. Esse evento serve como uma importante oportunidade de tornar a ciência e a tecnologia acessível para agricultores da nossa região, sejam eles pequenos, médios e/ou grandes produtores”, explica o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Agropecuária Oeste, Auro Akio Otsubo.

Entre os experimentos realizados pelo grupo da UFGD na área da Tecnofam está um cultivar de feijão, desenvolvido pela Embrapa, que produz em menos de 55 dias. “A tecnologia da semente foi desenvolvida pela Embrapa, mas nós conduzimos o experimento para avaliar como esse feijão iria se adaptar ao clima da nossa região”, conta o professor Luciano.

A agricultura familiar em MS

De acordo com a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), a agricultura familiar é caracterizada quando a gestão da propriedade é compartilhada pela família e a atividade produtiva agropecuária é a principal fonte geradora de renda. Além disso, o agricultor familiar tem uma relação particular com a terra, que é tanto seu local de trabalho, quanto sua moradia.

Ainda conforme informações da Sead, no Brasil são as 4,4 milhões de unidades de agricultura familiar as responsáveis pela produção de mais de 50% dos alimentos da cesta básica nacional. Sete em cada dez postos de trabalho no campo, são nessas propriedades. Em Mato Grosso do Sul são cerca de 80 mil famílias de agricultores familiares. Dados do último Censo Agropecuário revelam que os principais alimentos produzidos pelos pequenos agricultores no Estado são mandioca (77%), café (68%) e feijão (56%).

Fonte: Dourados News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.