Mutirão para renegociar dívidas com escolas quer recuperar R$ 1,5 milhão

Campanha começou hoje (12) e segue até o dia 19 de agosto. Dez escolas participam da iniciativa, que visa atingir 2 mil alunos
12/08/2019 10:06 Educação
Equipe da UCDB durante renegociação de dívida, no mutirão das escolas (Foto: Fernanda Palheta)
Equipe da UCDB durante renegociação de dívida, no mutirão das escolas (Foto: Fernanda Palheta)

Começou hoje (12) o mutirão para renegociar dívidas de mensalidades de 10 escolas em Campo Grande. A expectativa é que possam se recuperar R$ 1,5 milhão, atraindo até 2 mil estudantes que estão inadimplentes com as unidades de ensino. A campanha segue até o dia 19 de agosto.

Esta iniciativa foi proposta pela Associação Comercial de Campo Grande, como uma forma de colaborar para que estas mensalidades atrasadas sejam quitadas. Participam do mutirão: UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), Centro Educacional Século XXI, Sesc, Escola Sonho Meu, Colégio Referencial, Centro Educacional Fênix, Escola Visconde de Cairu, Libera Limes, Escola Edune e Centro de Ensino Tic e Tac.

Duas mil pessoas foram convidadas pelas escolas para fazer esta renegociação da dívida. “Esta é a primeira renegociação que fazemos neste segmento, sendo importante para continuar o vínculo do aluno com a unidade de ensino, para reduzir a evasão escolar”, disse Letícia Ribeiro, gestora de negócios da Associação.

Esta renegociação será feita na sede da Associação Comercial, na área central da cidade, em conjunto com a Sinepe-MS (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de MS), tendo ainda a participação de um conciliador do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Oportunidade – Nesta manhã (12) já haviam 25 pessoas a espera do atendimento. Letícia Morelo Rosa, de 24 anos, que formou ano passado em “design”, contou que atrasou mensalidades do último semestre, devido dificuldade financeira. “Não tinha como quitar até porque (mensalidades) eram altas, mas agora foi parcelar esta dívida”.

Ticiane Bezerra, 20, ficou com algumas mensalidades atrasadas e teve até que “trancar” a faculdade, mas espera agora pagar a dívida, em melhores condições, para voltar ao curso de Direito no ano que vem.

Atendimento – Os estudantes da UCDB poderão ir nesta segunda-feira (12) fazer a renegociação, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Já a Escola Fênix irá atender apenas no período da manhã.

O Sesc marcou seus atendimentos para amanhã (13), durante todo o dia, enquanto que a Escola Tic Tac, estará apenas de manhã.

Na quarta-feira (14) será a vez do Colégio Referencial e Século XXI. As duas escolas atendem das 8h até às 12h. No dia 15 (quinta-feira), durante a manhã, as renegociações serão das escolas Visconde de Cairu e Sonho Meu.

A Libera Limes vai atender na sexta-feira (16) e no último dia de mutirão ficará disponível para os alunos da Escola Edune, das 8h até às 17h. São dez escolas que participam da campanha, sendo que em Campo Grande existem 176 escolas particulares.

Para participar da campanha, as escolas selecionaram os clientes que estavam devendo, mandando carta, e-mail, mensagens de texto (celular) e telefonemas. Segundo a Associação, quem não tiver na seleção, mas deseja regularizar a situação, pode procurar a instituição, levando documentos pessoais e comprovantes de vínculo com as escolas.

 

Fonte: Leonardo Rocha e Fernanda Palheta / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.