Fechar

Ponta Porã pode estar em rota da ferrovia bioceânica

Projeto deve ligar Mato Grosso do Sul e Paraná ao Paraguai, Chile e Argentina
06/02/2020 06:41 Economia
Divulgação/ Prefeitura Ponta Porã/MS
Divulgação/ Prefeitura Ponta Porã/MS

Ponta Porã pode ser incluída na rota ferroviária que liga Mato Grosso do Sul ao Paraná. Ainda no dia 1º de fevereiro, o projeto foi tema de uma reunião na Prefeitura do município, quando técnicos do Ministério da Integração Nacional apresentaram ao prefeito Hélio Peluffo projeto ´Ferro Guarani´, criando um eixo de ferrovia ligando Porto Murtinho-Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, a Cascavel (PR).

A ferrovia ligaria os Estados do Mato Grosso do Sul e Paraná ao Paraguai, Chile e Argentina. Criando uma nova rota de escoamento da produção entre os estados e países, barateando custos e alavancando o desenvolvimento do Centro Oeste.

O projeto deve ser apresentado nos próximos dias 12 e 13, em Brasília. As ligações previstas são um  ponto de entroncamento ferroviário em Tacuru, unindo regiões do Paraguai e Brasil com destino ao Chile, ligando dois oceanos e barateando o custo do transporte e gerando desenvolvimento para os quatro países, em ferrovias brasileiras, argentinas e chilenas, transpassando pelo território Paraguaio, assim denominada Ferrovia de Integração Ferro-Guarani.

Além de Ponta Porã, o projeto traria benefícios para cidades próximas como Dourados. Com entreposto de cargas no distrito de Nova Itamarati, em Ponta Porã, e Itahum, em Dourados.

O trajeto de viagem das commodities de Mato Grosso do Sul até o mercado asiático podem ser reduzidos em até 17 dias, com embarque nos portos do Chile. O Paraguai já está pavimentando o trecho de 600 quilômetros da rota que corta seu território, podendo tornar as negociações mais fáceis.

Estavam presentes na reunião além do prefeito Hélio Peluffo, o vice-prefeito Caio Augusto, vereador presidente da Câmara Municipal, Roni Lino, secretários municipais Ricardo Soares (Procuradoria Jurídica), Dulce Manosso (Administração), vereadores Annie Espíndola e Vanderlei Avelino.
 

c

Fonte: Norton Soares / Capital News / Capital News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.