Teto de hospital desaba e deixa um morto e 6 feridos no Rio

Vítimas trabalhavam em empresa terceirizada
14/09/2018 07:55 Brasil
© Reprodução/Redes sociais
© Reprodução/Redes sociais

Segundo informações do G1, a assessoria do hospital disse que não havia pacientes já que a unidade estava desativada e passava por obras.

O hospital pertence a uma empresa que tem entre os donos sócios do Hospital Badim. Em nota, o Badim afirmou que o Sírio Libanês está desativado há 10 anos. As duas primeiras vítimas são funcionários da empresa Skipper Consultoria, que estavam fazendo a limpeza no interior do edifício.

Fonte: Notícias ao Minuto

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.