Em safra recorde, colheita já atinge três de cada quatro hectares com soja

Mato Grosso do Sul deve colher 8,7 milhões de toneladas do grão neste ano
12/03/2018 17:57 Agronegócio
Colheita de soja na região de Maracaju (Foto: Lucimar Couto)
Colheita de soja na região de Maracaju (Foto: Lucimar Couto)

De cada quatro hectares com soja, três já foram colhidos em Mato Grosso do Sul. A informação é da circular técnica do Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), divulgado nesta segunda-feira (12) pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de MS). Neste ano, devem ser colhidos 8,7 milhões de toneladas do grão, volume recorde.

Já foram colhidos 75% das lavouras, o que corresponde a 1,95 milhão de hectares da área com a oleaginosa. O ritmo está mais avançado na região norte. “O tempo firme do início de março permitiu que os agricultores intensificassem os trabalhos nas lavouras. A evolução nos últimos 10 dias foi de 15,4% no estado, representando mais de 400 mil hectares”, afirmou o presidente da Aprosoja, Juliano Schmaedecke.

Em relação à safra anterior, há aumento de área plantada estimada em 2,5%, passando de 2,52 milhões para 2,6 milhões de hectares. “Para tanto identificamos um aumento de 2,4% em relação a expectativa do volume de produção de grãos (de 8,532 milhões de toneladas na safra 2016/2017 para 8,736 milhões de toneladas na safra 2017/2018). A produtividade para esta safra está estimada em 56,0 sc/ha”, afirma a nota técnica.

Valor – A nota também informa que o preço médio da saca de 60 quilos permaneceu relativamente estável entre 2 e 8 deste mês, recuando 0,09%, encerrando o período cotado em média a R$ 66,81. Em relação a igual período do ano passado houve alta nominal de 14,15%, em março passado a saca estava negociada em R$ 58,56.

Fonte: Osvaldo Júnior / Campo Grandes News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas, irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do Itaporã News.