Atletas de MS retornam de Brasília com 19 medalhas nos Jogos Universitários

| ADRIANO FERNANDES / CAMPO GRANDE NEWS


Atletas que representaram MS na competição nacional. (Foto: Lucas Castro)
publicidade

A 68ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros, chegou ao fim neste domingo (17), em Brasília e 19 atletas de Mato Grosso do Sul retornaram para casa com medalhas. Ao todo foram seis medalhas de ouro, sete de prata e seis de bronze, nas modalidades de atletismo paradesportivo, wrestling (luta olímpica), tênis de mesa, tênis, karatê, judô, handebol, futsal, xadrez, basquete e voleibol.

A equipe do estado foi composta por 124 atletas, que disputaram 13 modalidades individuais e coletivas. Dalton Hian de Andrade foi o principal destaque da delegação, ocupando duas vezes o lugar mais alto do pódio, no atletismo paradesportivo. O sul-mato-grossense, representando a UCDB, ficou com o ouro nos 100 e 200 metros rasos, na classe T11 (cego total), ao lado do atleta-guia Hugo Pedro Gimenez.

Ambos tiveram como técnico Daniel Sena, um dos nomes mais respeitados no país quando o assunto é paratletismo. A técnica Karina Dopper comandou os atletas de tênis de mesa, da Unigran Capital, que trouxeram para casa quatro medalhas: ouro na dupla mista, prata no geral feminino e masculino, e bronze na dupla masculina.

O enxadrista Matheus Garcett estudante de Engenharia Ambiental na UFMS, ao lado de Guilherme Andrade, da mesma instituição, obteve o bronze na categoria geral masculino.

Nas coletivas, o futsal feminino da UCDB repetiu o feito de 2015 e colocou o estado como a segunda maior potência universitária do país no esporte da bola pesada entre as mulheres. A prata na primeira divisão veio após revés na final para a Universidade do Planalto Catarinense (SC), uma dos principais times da modalidade no mundo e que tem em seu elenco Amandinha, eleita sete vezes consecutivas a melhor jogadora de futsal do planeta.

O evento esportivo é a maior competição universitária da América Latina e reuniu 3,5 mil atletas de 271 instituições de ensino superior, das 27 unidades federativas. Foram representadas na competição nacional cinco instituições de ensino superior do estado: Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran) - matriz e capital, Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande (FESCG), Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Além das medalhas, Mato Grosso do Sul sobressaiu-se com colocações de destaques em diversas modalidades. É o caso da nadadora Victoria Beatriz Vilela, que terminou em quarto lugar nos 50 metros costa e em quinto nos 50 metros peito. Também na natação, Isabella Grincevicus fechou a disputa dos 100 metros peito na quarta posição.

Keterly Verão conseguiu o bronze em parceria com João Andrade, na dupla mista do tênis. A tenista da Unigran Capital também quase medalhou na disputa individual feminina, encerrando os JUBs em quarto lugar. No judô, Giovane Cano, da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), foi o quinto melhor na categoria médio (até 90 kg).

A seleção estadual, organizada pela FUEMS (Federação Universitária de Esportes), teve o apoio do Governo do Estado, via Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul).

Confira todos os medalhistas de Mato Grosso do Sul nos JUBs Brasília 2021:

OURO

PRATA

BRONZE



Compartilhe Esta Notícia Com Os Seus Amigos!

Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do portal Itaporã news (67) 996418820

Curta nossa Fan Page e fique por dentro de tudo que acontece em Itaporã, Região, Brasil e Mundo!

Clique aqui e receba notícias do Itaporã News no seu WhatsApp!

Siga o Itaporã News no Youtube!

 


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE